Como Fazer Rosca Scott ( Bíceps Scott )

Rosca Scott - Larry Scott

A rosca Scott, ou bíceps Scott, tem esse nome em homenagem ao seu criador, Larry Scott. O primeiro vencedor do Mr. Olympia (1965-66) 

Reza a lenda que Larry Scott estava treinando em uma igreja abandonada que era o galpão de treino que tinham acesso naquela época. Vale lembrar que ainda não existiam academias como atualmente e as pessoas treinavam em casa ou se reuniam em algum local para fazer os treinos. 

No fundo da igreja abandonada havia um púlpito, que é um móvel onde os padres e pastores apoiam a bíblia. Então Larry teve a ideia de usar o móvel para fazer um novo treino de bíceps, e o resultado foi surpreendente. Larry que tinha dificuldade em ganhar massa musculas nos bíceps, teve uma grande evolução.

Para que serve a rosca Scott?

Basicamente o treino leva seus bíceps a exaustão e assim aumento de volume e massa muscular. 

“Esta rotina é projetada para o sujeito que tem uma boa conexão do bíceps inferior, mas ainda quer trabalhar o bíceps máximo também. Também é projetado principalmente para aumentar o tamanho. Não possui movimentos básicos de tríceps. Minha maior ênfase será concentrar-me exclusivamente na construção de bíceps grandes.” Larry Scott

Como fazer rosca Scott?

Esse é o treino completo que Larry Scott executava antes e depois de ser campeão.

Rosca Scott com Halteres
Larry Scott

# 1 Rosca Scott com halteres

Rosca Scott com halteres

Comece com uma série de rosca direta com halteres. O peso deve ser o mais pesado que você puder suportar, para fazer apenas 6 repetições. Você deve abaixar os halteres durante todo o exercício até que os braços estejam completamente estendidos. Permita que eles dobrem para trás, se possível. Você deve começar na parte inferior do movimento se quiser obter o máximo benefício desse movimento.

Depois de ter feito 6 repetições estendidas completas com o peso mais pesado possível (não roube no treino), termine com 4 ou 5 movimentos curtos. Que são pequenos movimentos realizados no início do movimento. Deixe o peso descer até o ponto em que ele vai “cair”, levante-o e repita.

# 2 Rosca Scott com barra

Rosca Scott com barra

Depois de concluir a série de rosca direta com halteres, vá imediatamente para a rosca direta com barra. Não descanse nem por um segundo entre os exercícios. Você deve ir imediatamente para o próximo exercício para ter o máximo benefício dessa rotina. Faça 6 repetições completas e 4 curtas com a barra reta. Use uma pegada aberta. Não trapaceie neste exercício.

# 3 Rosca Scott com barra W

Rosca Scott com barra W

Finalmente, faça 6 repetições e 4 curtas com a barra W na posição de pegada invertida. Não descanse muito entre as séries, mas faça as repetições lentas e concentradas. Foque totalmente em fazer o movimento certo.

Descanse enquanto seu parceiro de treino faz as três séries e, a seguir, repita a séries 3 a 5 vezes. Seus braços devem estar quase dormentes na última série e devem ficar doloridos.

# 4 Rosca Scott no banco inclinado

Rosca Scott no banco inclinado

Para desenvolvimento máximo do bíceps. Use um banco inclinado. Você deve fazer 6 repetições completas, depois fazer 6 repetições parciais da metade para cima, o máximo que puder fazer. Em seguida, leve o peso na parte inferior apenas para realmente alongar o bíceps e os tendões e faça 6 a 10 repetições.

Não é um salto para cima e para baixo, mas sim contra a articulação do cotovelo. Faça cerca de 3 séries no banco inclinado e logo você começará a notar algum desenvolvimento.

Leia também: 6 Melhores Exercícios para Bíceps

Conclusão:

O treino de bíceps ou rosca Scott visa levar a exaustão máxima dos músculos do bíceps braquial e assim aumento de volume. Larry Scott deixou outros treinos complementares para tríceps, mas isso é assunto para outro artigo. Por hora vamos manter o foco no treino de Larry.

 

LEIA TAMBÉM:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Rolar para o topo