Pular para o conteúdo
Início » O que Emagrece Mais: Musculação ou Exercícios Aeróbicos?

O que Emagrece Mais: Musculação ou Exercícios Aeróbicos?

O que emagrece mais: Musculação ou Exercícios Aeróbicos?

É uma pergunta atemporal, o que emagrece mais, musculação ou exercícios aeróbicos? E nós entendemos. Você quer treinar da melhor maneira para atingir seus objetivos. Seja para aumentar a força ou mudar seu corpo. Mas as perguntas persistem: Musculação emagrece, queima gordura? Qual a importância do cardio para perda de gordura? E por fim, o que é melhor cardio ou musculação?

Assim, para dar um fim as dúvidas, vamos mostrar os fatos e o que os estudos dizem. Dessa maneira podemos te ajudar a escolher qual tipo de treino é o melhor para você.

Tempo estimado de leitura: 11 minutos

Por um lado, temos exercícios físicos cardiovasculares: correr, caminhar, nadar, andar de bicicleta bem como fazer trilhas. Então, do outro lado, o treinamento de resistência ou musculação . Isso pode abranger desde o treinamento com pesos até o treinamento em circuito como também qualquer tipo de exercício que trabalhe contra a resistência do peso para aumentar não só a força mas também a massa muscular.

Então, vamos começar a o debate ” o que emagrece mais cardio ou musculação?” E descobrir o que é melhor para você.

7 Benefícios do cardio

Cardio realmente faz o que diz, na lata. Ou seja, para melhorar sua saúde cardiovascular (coração) e a eficiência com que você é capaz de treinar sob pressão.

1. Melhora a saúde do coração

Se você já começou a correr, sabe como isso pode melhorar o fortalecimento dos músculos do seu coração. Na primeira corrida, provavelmente parecia que você estava prestes a desmaiar, seu coração batendo descontroladamente no peito. Mas na terceira ou quarta vez que você se aventurou ir mais rápido, você pode respirar, embora pesadamente. É o coração, bombeando o oxigênio com mais eficiência pelo corpo enquanto você treina. Felizmente, para todos que odeiam correr, todos os exercícios cardiovasculares têm este efeito: andar de bicicleta, caminhar, correr ou nadar.

2. Regula o apetite

Se você tem tendência a beliscar fora da dieta (quem não tem?), um treino cardiovascular pode ser o melhor para te coibir de comer tudo que está na despensa.

Um estudo descobriu que pessoas que fizeram cardio de alta intensidade (corrida em ritmo moderado, ciclismo ou treino de HIIT ) comeram 11% menos nas 24 horas seguintes. O exercício em tal intensidade “faz com que seu corpo circule mais sangue para evitar o superaquecimento”, explica o especialista em metabolismoDr. Andy Blannin . Como tal, o sangue é desviado para longe do estômago e à volta ao corpo, o que, de acordo com o Dr. Blannin, pode reduzir o apetite.

3. Ajuda na perda de gordura

Minuto a minuto, os exercícios aeróbicos queimam mais calorias do que a musculação. Isso devido à natureza contínua da intensidade. Por causa disso, fazer exercícios aeróbicos ajuda à perder gordura corporal .

No entanto, o tipo de cardio que você faz é importante, dependendo de qual é o seu objetivo:

  • Cardio em estado estacionário de baixa intensidade. É melhor para pessoas que tem objetivos de grande perda de peso, além disso é ótimo para iniciantes e queima gordura corporal.
  • HIIT (treinamento intervalado de alta intensidade). É melhor para manter a massa muscular, pois estimula as enzimas que queimam gordura.

Porque o cardio queima gordura?

Pesquisas americanas descobriram que quem pratica exercícios aeróbicos perderam até quatro vezes mais gordura em comparação com os que fizeram apenas musculação. No entanto, e isso é importante, seus objetivos de ter um corpo saudável podem não ser apenas de perda de gordura. Pois manter a massa muscular é crucial para um metabolismo saudável e um físico melhor. Então é aí que entra a musculação.

4. Barato

Uma grande vantagem dos aeróbicos em contrapartida com a musculação é que você não precisa gastar nada. Correr ou caminhar ou fazer exercícios com seu peso corporal são maneiras totalmente gratuitas de se treinar.

Entretanto, se você gosta mais de andar de bicicleta, então investir em uma bicicleta (além de capacete e faróis de bicicleta , por favor) é uma ótima maneira de fazer mais exercícios aeróbicos. Mas se você preferir suar em casa, uma bicicleta ergométrica é uma ótima opção para um treino estático. 

Ou pegue uma corda de pular e siga em frente. Pular corda é ótimo para queimar gordura e desenvolver resistência muscular. Além disso não é nada complicado.

5. Aumenta o poder do cérebro

À medida que envelhecemos, o cérebro perde tecido gradualmente. Esse processo começa aos 30 anos de idade. Entretanto tem um efeito marcante em nosso desempenho cognitivo. O exercício cardiovascular foi associado à redução significativa da quantidade de tecido cerebral perdido ao longo do tempo. Um estudo mostra que as pessoas que praticam treinos aeróbicos tem o tecido cerebral mais “robusto” em contrapartida com quem pratica apenas musculação.

6. Ajuda a regular a pressão arterial

Se você sofre de hipertensão, então os exercícios cardiovasculares aeróbicos ajudam a regular a pressão arterial. Um estudo mostra dados que comprovam a eficácia dos exercícios aeróbicos (cardio estacionário: caminhar, correr, andar de bicicleta, nadar) na redução e regulação da pressão arterial em adultos sedentários.

7. Fortalece o sistema imunológico

Ter o sistema imunológico forte sem dúvida alguma é muito importante. De sorte que o treino cardiovascular diário mantém o sistema imunológico funcionando com eficiência máxima.

A pesquisa mostrou que ‘exercícios regulares e moderados têm efeitos favoráveis ​​sobre o sistema imunológico, pois aumenta as’ imunoglobulinas ”. Elas são moléculas protetoras do sistema imunológico produzidas dos glóbulos brancos.

8. Fácil de variar

Como já falamos, a variedade de exercícios cardiovasculares que existe é uma das melhores coisas a respeito. Tudo, desde caminhada, corrida, natação, caminhada, ciclismo, spinning, dança e até diferentes modalidades como treinamento HIIT . Todos contam como exercícios aeróbicos cardiovasculares!

5 Benefícios da musculação

musculação para emagrecer

Agora, vamos para os treinos pesados. Por que o treinamento de musculação também queima gordura, aumenta a massa muscular magra, aumenta seu metabolismo e além disso melhora sua estabilidade e coordenação motora.

1. Aumenta e fortalece os músculos

Não deveria ser uma surpresa que levantar pesos aumenta o ganho de músculos . O treino com pesos dá mais resistência aos músculos, o que significa que o tecido é decomposto mais rapidamente. Isso desencadeia a resposta do corpo para limpar e curar o tecido, aumentando os músculos no processo. Enquanto isso aumenta a força e a resistência. A palavra chique para esse processo é “hipertrofia“.

Como fazer musculação para emagrecer?

Embora você possa ganhar massa muscular usando apenas seu peso corporal, a calistenia é uma prova disso; quanto mais estresse (resistência) são colocados em seus músculos, eles tem que trabalhar mais para crescer mais rapidamente.

Para empurrar seus músculos até o ponto de mudança (crescimento), então treinar regularmente até a fadiga é importante. Por exemplo, se você pode fazer mais de 10 repetições com um halter de 3 kg, pode ser hora de subir de nível.

Como qualquer programa de musculação, porém, o simples é o melhor. Principalmente se você for um iniciante. “É melhor você ter um plano mais básico que você possa seguir por um ano, do que um plano mais robusto que você só poderá fazer por apenas um mês”. Diz o chefe de educação física do Third Space e o personal Josh Silverman .

Musculação queima gordura?

O outro resultado da musculação é que aumenta sua taxa metabólica basal. Isso então aumenta a quantidade de calorias que seu corpo queima por dia, pois o músculo precisa de mais energia.

2. Aumenta o metabolismo e a perda de gordura

Vamos ver como a musculação ajuda na perda de gordura corporal . Em sua forma mais simples, treinamento com pesos = aumento da massa muscular magra = maior taxa metabólica = mais calorias queimadas.

Embora você provavelmente vá queimar mais calorias durante os exercícios cardiovasculares, o treinamento com pesos manterá essa queima lenta, mas durante todo o dia, levando a um gasto calórico maior e mais sustentado ao longo do dia. 

Então, realmente, musculação queima gordura?

“O músculo é mais metabolicamente ativo do que a gordura, então quanto mais você ganha massa muscular, mais calorias você queima. Assim é mais provável que você queime mais gordura”. Diz o fisiologista do exercício Dr. Leigh Breen .

A musculação pode ser melhor para as mulheres perder gordura corporal localizada (por exemplo, se você está tentando se livrar da gordura nas pernas ou perder gordura da barriga ). Segundo um estudo da Universidade do Alabama , mostra maior perda de gordura da barriga em mulheres que praticam musculação em comparação com as que apenas realizaram exercícios aeróbicos cardiovasculares.

3. Protege os ossos e aumenta a densidade óssea

Os exercícios com pesos , e podem ser o seu peso corporal ou com faixa elástica de resistência, ajudam a ter uma boa saúde óssea . Infelizmente, para os que ficam sentados em uma mesa a maior parte do dia, nossos ossos não permanecerem fortes e resistentes.

‘Caminhar, correr, agachar, e fazer até circuitos leves, são todos bons exemplos de exercícios de levantamento de peso que podem promover a saúde óssea’. Diz Oliver Eaton, diretor clínico da Clínica ProHealth . “O segredo é não exagerar. Fazer exercícios em excesso pode ser ruim para as articulações. Três vezes por semana durante pelo menos meia hora, é o suficiente. ‘ Diz Oliver.

4. Alivia o estresse

Se você já fez musculação já sabe disso: levantar um peso que antes estava fora de sua capacidade ou da sua zona de conforto pode fazer você se sentir forte e aliviar o estresse de sua vida diária.

Felizmente, as evidência confirmam isso, o International Journal of Sports Medicine descobriu uma redução acentuada dos níveis de cortisol em pessoas que treinaram musculação por duas semanas.

5. Ajuda a dormir

O treinamento com pesos alivia o estresse e ajuda você dormir melhor.  De acordo com a Clinics in Sport Medicine , a musculação cansa os músculos, enquanto a queda do cortisol te ajuda a ter um sono mais tranquilo durante toda a noite.

6. Fácil de se adaptar

A musculação, tanto quando os aeróbicos podem ser variados de acordo com a sua preferência pessoal. Você pode não gostar de musculação, tudo bem. Tudo que você fizer, desde exercícios com seu peso corporal até uma aula de Pilates ou aulas de treinamento em circuito, contam como treinamento de resistência.

Repetições altas, pesos baixos? Isso conta como treinamento com pesos. Baixas repetições, pesos elevados? Sim, você adivinhou – treinamento com pesos. Como uma forma de exercício com tantos benefícios, o fato de você poder alternar com base no que você gosta é uma grande vitória.

Então, o que é melhor para perder gordura: Musculação ou aeróbicos

A musculação é melhor para perda de gordura e ganho de massa muscular magra, contudo, os aeróbicos ajuda na perda de peso, melhorando a saúde cardiovascular e ajudando a definir seu corpo.

Se você está procurando ganhar músculos, fazendo um pouco de cada um, é a melhor maneira de atingir seus objetivos. É uma espécie de casamento.

O principal é que você se mova de uma maneira que te ajude a chegar aos seus objetivos sem se sacrificar e ter prazer na sua busca. Basicamente, mantenha seu corpo em movimento de forma equilibrada e variada, ao mesmo tempo em que mantém uma dieta saudável e rica em nutrientes com vegetais, fontes de proteína magra e carboidratos complexos que mantêm sua energia alta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile