Pular para o conteúdo
Início » Jejum Intermitente Emagrece? O que Diz Estudo?

Jejum Intermitente Emagrece? O que Diz Estudo?

Jejum Intermitente Emagrece? O que Diz Estudo?

Pesquisa recente coloca em dúvida se jejum intermitente emagrece ou não

Dr. Weiss, um cardiologista da Universidade da Califórnia, em San Francisco, tem questionado e estudado se o jejum intermitente emagrece mesmo. Ele vem estudando essa “dieta da moda” há vários anos e então decidiu fazer testes para comprovar se o jejum intermitente para emagrecer funciona ou não.

Ele certamente perdeu alguns quilos. Da mesma forma como acontece com a maioria das pessoas que faz o jejum intermitente. Mas suas descobertas trazem dúvidas se o jejum intermitente emagrece ou não.

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Dr. Weiss começou a princípio um estudo de 12 semanas em 2018. Assim também com vários outros pesquisadores. A revisão do estudo foi publicada na revista científica Jama Network. As descobertas foram realmente interessantes.

Com base em sua pesquisa, foi determinado que em resumo “ O jejum intermitente para emagrecer, não é melhor do que outras dieta sem restrição de tempo ”.

O estudo

O objetivo do  estudo foi, antes de tudo, saber se o jejum intermitente de 16:8 h funciona para perda de peso.  Além disso os fatores da saúde metabólica foram analisados. O protocolo indica fazer 16 horas de alimentação e 8 de jejum.

Mais de 100 pacientes participaram do estudo. Todos obesos e com sobrepeso e com idades entre 18 a 64 anos. Os participantes usaram uma balança Bluetooth. A balança foi conectada ao aplicativo usado para o estudo. Os participantes então tiveram que se pesar pela manhã, em jejum.

Aos participantes foram “ feitas apenas recomendações dos horários de alimentação e jejum. Sem recomendação para ingestão de quantidade de calorias e macronutrientes ou prática de atividade física”.

Um grupo fazia três refeições por dia. O grupo em jejum comia “ a vontade das 12h às 20h e jejuava das 20h às 12h do dia seguinte ”.

Dos 141 voluntários, 46 fizeram testes metabólicos pessoais. Isso porque eles moravam longe do local do estudo.

Leia também:

Resultados

Durante 12 semanas, o grupo que fez o jejum intermitente perdeu em média cerca de 2 quilos. Eles não tomaram café da manhã. Enquanto o grupo que comeu normalmente, perdeu 1,5 quilo.

Portanto, foi fácil concluir que não houve diferença significativa entre os grupos neste estudo. Concluindo que realmente o jejum intermitente para emagrecer não funciona. Ao menos nesse protocolo 16:8. 

Além disso, eles também não encontraram nenhuma alteração no metabolismo dos participantes. Principalmente, benefícios para a saúde.

Leia também:

Jejum intermitente para ganho de massa muscular

Além disso, Dr. Weiss sugere cautela ao fazer o jejum intermitente para emagrecer. Isso é devido aos efeitos catabólicos que o jejum intermitente causa na massa muscular.

Conclusão:

Algumas outras variáveis ​não foram incluídas nesse estudo. O Dr. Weiss reconheceu que mais estudos são necessários. As pessoas que participaram do estudo jejuaram apenas pela manhã, mas pode ter vantagens em jejuar em horários diferentes, como à noite por exemplo.

Resumindo: O Dr. Weiss e os pesquisadores não encontraram nenhum benefício do jejum intermitente da forma que foi estudada. Mas este foi apenas um estudo feito em circunstâncias especiais.

Claro, os estudos em sua maioria são mistos. Também há poucos ensaios controlados e randomizados. Mas esperamos mais pesquisas para confirmar que o jejum intermitente emagrece sejam realizadas futuramente. Obviamente, há mais espaço para estudar diferentes variações de protocolos de jejum intermitente.

Este artigo contém links de afiliados para produtos. Podemos receber uma comissão por compras feitas através desses links.

  • Epicondilite Lateral: Causas, Sintomas e Tratamento

    Cotovelo de tenista (epicondilite lateral) é inchaço, inflamação e em seguida ruptura dos tendões do antebraço. Esses tecidos, que ligam o músculo ao osso, podem ficar sobrecarregados com o uso repetitivo, causando dor ou queimação que piora quando você segura ou levanta pesos. O cotovelo de tenista pode levar até dois anos para curar completamente.… Continue a ler »Epicondilite Lateral: Causas, Sintomas e Tratamento

Comente:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.