Insulina na Musculação: Riscos e Efeitos

Insulina na musculação

Usos da insulina na musculação

Embora as pessoas normalmente usem insulina para controlar a glicose no sangue, algumas pessoas usam a insulina na musculação para ganhar massa muscular.

Porque a insulina é um hormônio anabólico?

O anabolismo, o processo metabólico de formação, é essencial para aumentar o músculo. Os fisiculturistas frequentemente tentam maximizar este processo.

Por promover o armazenamento de nutrientes e prevenir a degradação celular, a insulina é considerada um hormônio anabólico.

Isso se aplica bem à musculação, em que o objetivo central é aumentar a massa muscular por meio de dieta e exercícios.

Insulina para ganho de massa

Embora a insulina seja mais conhecida por seu papel no controle da glicose no sangue, ela tem alguns outros efeitos notáveis que para os fisiculturistas.

Um desses efeitos é a capacidade de ajudar na síntese de proteínas musculares, o processo pelo qual o corpo constrói músculos.

Um estudo de 2006 em 19 adultos jovens saudáveis concluiu que, quando as pessoas receberam doses intermediárias de insulina, elas aumentaram a síntese de proteína muscular e diminuíram a degradação de proteína muscular  (3 )

Além disso, uma revisão de 2016 sugere que a insulina tem um papel permissivo no processo de construção muscular, desde que você coma alimentos ricos em proteína. (6 )

Isso significa que a insulina permite que ocorra a construção muscular, embora não pareça promovê-la diretamente.

É importante notar que aminoácidos suficientes, a base de construção da proteína, devem estar presentes para promover ganhos musculares na presença de insulina  (7 )

Uso de insulina com anabolizantes

Outro fator importante a se considerar é o emparelhamento da insulina com outras drogas que aumentam o desempenho, como os esteroides anabólicos androgênicos ou o hormônio do crescimento.

Embora a insulina sozinha possa não ter um efeito potente na síntese de proteína muscular, ela pode ter um efeito potencializado quando combinada com esteroides anabolizantes ou hormônio do crescimento. (8 )

No entanto, os dados nesta área são limitados como resultado de restrições éticas na pesquisa. Os usuários devem agir com extremo cuidado.

Para que serve a insulina na musculação

Um efeito bem conhecido da insulina é sua capacidade de promover o armazenamento de carboidratos.

Na comunidade dos fisiculturistas, as pessoas geralmente consomem carboidratos após um treino para reabastecer os músculos , promovendo a reposição de glicogênio.

O glicogênio é a forma armazenada de carboidratos no corpo. É armazenado nas células musculares e também no fígado.

Garantir estoques de glicogênio ajuda no processo de construção muscular, auxiliando na síntese de proteínas. (9 )

Para aumentar ainda mais o armazenamento de nutrientes e o ganho muscular após o exercício, os fisiculturistas de alto nível às vezes usam insulina para ajudar a transportar a glicose do sangue e os aminoácidos (proteínas) para as células musculares. (1 )

Os fisiculturistas profissionais, geralmente tomam insulina apenas imediatamente após o treino para aumentar o estado anabólico.

Riscos de tomar insulina na musculação

Embora a insulina seja um hormônio produzido no corpo, injetá-la acarreta alguns perigos potenciais graves. Para a maioria das pessoas, não vale a pena correr o risco.

Baixo teor de açúcar no sangue

A principal complicação potencial do uso de insulina é o baixo nível de açúcar no sangue, também conhecido como hipoglicemia .

Enquanto as pessoas com diabetes costumam usar insulina para ajudar a controlar a glicose no sangue, as pessoas sem diabetes produzem quantidades normais das células do pâncreas.

Portanto, se você estiver usando insulina suplementar na tentativa de aumentar os ganhos musculares, corre o risco de ter insulina em excesso na corrente sanguínea, o que pode deixar os níveis de glicose no sangue muito baixos.

Os sintomas comuns de hipoglicemia incluem: 

  • Sonolência
  • Fadiga
  • Fome
  • Irritabilidade
  • Palidez
  • Tremor

Se você sentir algum desses sintomas, coma ou beba um alimento ou bebida que contenha carboidratos imediatamente para ajudar a aumentar a glicose no sangue.

Em casos mais graves, a hipoglicemia pode resultar em confusão, visão turva, convulsões, perda de consciência ou uma combinação dos dois. Pode até levar à morte.

Este efeito colateral por si só é suficiente para tornar a insulina insegura para a maioria dos fisiculturistas. Portanto, desaconselhamos fortemente tomar insulina na musculação.

Insulina na musculação
Fisiculturista de 35 anos é encontrado morto em casa após uso de insulina e anabolizantes

Em dezembro de2016 , Ghent Wakefield foi encontrado morto em sua casa em Tunstall, Inglaterra. Um fisiculturista de 35 anos. Há rumores de que o fisiculturista o usou em conjunto com esteroides junto com insulina para ganhar massa muscular. Uma prática que pode ter efeitos colaterais perigosos. 

Conclusão:

A insulina é um hormônio anabólico produzido no pâncreas que é essencial para o controle da glicose no sangue.

Pessoas com diabetes, cujos corpos não produzem insulina suficiente, costumam usar insulina suplementar para compensar isso.

Fisiculturistas de alto nível também costumam usar insulina para ganhar massa muscular e promover o armazenamento de carboidratos.

O uso de insulina na musculação acarreta alguns riscos graves para a saúde, principalmente o nível baixo de açúcar no sangue. Portanto, nós desaconselhamos fortemente seu uso para musculação, a menos que você esteja usando sob a supervisão e orientação de um médico.

Se você decidir usar insulina para musculação, educação e orientação adequadas são essenciais para evitar resultados potencialmente graves para a saúde, incluindo a morte.

LEIA TAMBÉM:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares