Hipertensa e com gordura no fígado,Fernanda muda de hábitos e perde 34 kg

Compartilhe nas redes sociais!

Com exercício e dieta, carioca perde 18kg e tenta inspirar outras pessoasFernanda Azevedo chega aos 103 kg e sofre com os problemas de pressão alta e gordura no fígado. Decide mudar hábitos e já divide suas conquistas

 
Em dezembro de 2012, Fernanda Azevedo chegou aos 103 kg e percebeu que era hora demudar os hábitos.
Mãe de um filho de 15 anos, a carioca de 34 relaxou na alimentação e viu o ponteiro da balança subir sem parar. Além do peso extra, outros problemas vieram: pressão alta, gordura no fígado e pedra na vesícula.
Para poder cuidar mais da saúde, a assistente de marketing foi atrás de um endocrinologista, fez dieta e exercícios. Um ano e meio depois, celebra seus 18kg a menos.
– Não era fã de academia, mas conheci o treino funcional.
Foi o que me motivou e desafiou.
Com isso, tomei gosto pelos exercícios. 
Hoje em dia, preciso fazer pelo menos 30 minutos para voltar casa com a sensação de dever cumprido.
Tenho mais disposição para sair, me exercitar e agora posso usar roupas que, quando estava mais gorda, não entrariam em mim – disse Fernanda, que também é praticante de corrida e faz provas.
Depois que eliminou alguns quilinhos e viu a esteatose hepática diminuir, Fernanda luta para reduzir o percentual de gordura de 39% para 25% e assim ganhar mais qualidade de vida.
– É um novo desafio, já que é bem mais difícil do que emagrecer. Esse é o meu foco, eliminar gordura, ganhar massa magra e ajudar outras pessoas que passam pelo que eu passei.
Para incentivar outras pessoas na busca por uma vida mais saudável, Fernanda e uma amiga criaram um conta no Instagram para divulgar o “@projetoagoraeuficotop”.
– Como comecei a emagrecer e as mudanças foram drásticas, recebia mensagens diárias na minha página do Facebook, me perguntando o que estava fazendo, comendo e coisas do tipo.
Tive que criar uma resposta padrão para conseguir responder aos meus amigos. Cada foto que posto, recebo elogios e isso me motiva a continuar na batalha, pois não é fácil – explicou.
Até no trabalho, os colegas ficam de olho na dieta de Fernanda, que anda na linha para não levar bronca da turma.
– Na empresa, meus colegas já sabem e não se importam mais quando me nego a comer ou beber algo que não possa.
Pelo contrário, se penso em sair da dieta, já me lembram como foi difícil pra conseguir chegar até aqui e isso me ajuda no dia-a-dia.
Fernanda manda um recado direto às pessoas que estão acima do peso, com problemas de saúde e não conseguem deixar a preguiça para trás.
– O que eu falo é: “Você realmente tem que querer!”.
Sempre tive amigos e parentes me alertando que cada dia estava mais do peso e não ligava e me esforçava para emagrecer.
Não adianta fazer pelos outros, tem que ser por você.
Depois que você realmente quer, você já inicia pequenas mudanças, como trocar o elevador pela escada, corta refrigerante e também frituras.
O emagrecimento não precisa ter um prazo, tem que ser contínuo.
Tem que se tornar o seu novo estilo de vida – encerrou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.