Pular para o conteúdo
Início » O Que é Glutamina e Para que Serve?

O Que é Glutamina e Para que Serve?

glutamina o que é

O que é glutamina?

A glutamina é um aminoácido que desempenha um papel crucial na síntese de proteínas. Descubra o que é glutamina, para que serve e seus benefícios nesse artigo.

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Sendo o aminoácido mais abundante no corpo, a glutamina desempenha um papel muito importante na síntese de proteínas e de vários outros processos metabólicos importantes do corpo.

No entanto, ela não é um aminoácido essencial, o que significa que o corpo humano pode sintetizar este aminoácido em circunstâncias normais.

A glutamina é sintetizada a partir de outro aminoácido, o ácido glutâmico. Mas, em certas condições como estresse físico extremo, ferimentos graves e queimaduras, nosso corpo pode falhar para sintetizar glutamina suficiente.

Em tal situação, deve-se obter esse nutriente partir de alimentos ou suplementos. Por isso, é considerado um aminoácido essencial condicional.

Glutamina para que serve?

Tem imensa importância na síntese de proteínas, e a regulação do equilíbrio ácido-base no corpo.

Também desempenha um papel importante na remoção do excesso de amoníaco no corpo, e a manutenção da massa muscular.

Este aminoácido pode ajudar a diminuir a taxa de ruptura muscular. Esta é a razão pela qual os fisiculturistas e praticantes de musculação tomam glutamina.

Durante um programa de treinamento ou exercício intenso, o corpo esgota o nível de glutamina armazenada rapidamente. Portanto, fisiculturistas e atletas tomam suplementos para preservar a massa muscular.

Este aminoácido também é importante para o bom funcionamento do cérebro, pois é o precursor do neurotransmissor, ácido gama-aminobutírico (GABA).

Observou-se que este nutriente pode atravessar a Barreira hematoencefálica para fornecer energia para as células do cérebro.

Este aminoácido é o precursor da glutationa, que um antioxidante. Ao ajudar o organismo a produzir este antioxidante, a glutamina pode melhorar o sistema imunológico.

Além disso, ele pode ajudar a acelerar o processo de cicatrização de feridas, para uma recuperação mais rápida de doenças.

Este aminoácido pode também melhora a saúde do trato gastrointestinal. Ele protege o revestimento da mucosa do trato gastrointestinal e, assim, mantém a integridade do sistema digestivo.

Hoje em dia, sendo usada também para o tratamento do alcoolismo, depressão e doença de Huntington.

Glutamina Efeitos Colaterais

Até agora, não há nenhum relato de efeito colateral importante, especialmente quando obtida a partir de fontes alimentares.

Igualmente, os suplementos de glutamina são considerados seguros. No entanto, a administração intravenosa da fórmula nutricional contendo glutamina tem pode causar enzimas hepáticas elevadas em alguns estudos.

Esses suplementos também podem causar mania nos pacientes de transtorno bipolar. Além disso, uma ingestão excessiva desse aminoácido pode causar diarreia em alguns indivíduos.

Pessoas com doenças renais e hepáticas e síndrome de Reye são normalmente desaconselhados a usar esses suplementos.

Indivíduos alérgicos ao glutamato monossódico, grávidas e mulheres que amamentam devem evitar os suplementos deste aminoácido.

Esses suplementos são normalmente encontrados sob a forma de pó e cápsulas.

Esse aminoácido não deve ser adicionada a líquidos ou bebidas quentes pois a exposição ao calor pode destruir este nutriente.

Alimentos ricos em glutamina:

Alimentos ricos em glutamina

Alguns alimentos também podem fornecer este aminoácido, dos quais: peixe, frango, carne, ovos, leite e produtos lácteos, feijões , trigo e legumes, como couve, espinafre, beterraba, salsa e são ricos em glutamina. Mas, ainda assim, a suplementação pode ser indicada, nesse caso, é essencial seguir a orientação dada pelo seu médico ou nutricionista.

LEIA TAMBÉM:

Conclusão:

A glutamina é um aminoácido considerado não necessário para o bom funcionamento do corpo. Seu uso é opcional, mas tem muitos benefícios para a saúde e ganho de massa muscular magra.

Referências:

Marcações:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile