Feno Grego NÃO Aumenta a Testosterona – Diz Estudo

Segundo estudos recentes a semente de feno grego NÃO altera os níveis de testosterona.

Feno Grego NÃO Aumenta a Testosterona - Diz Estudo

Compartilhe nas redes sociais!

Feno grego não aumenta os níveis de testosterona, comprova estudos científicos.

O feno grego é muitas vezes usado para aumentar os níveis de testosterona, mas existe comprovação cientifica?

Atualmente, a evidência cientifica disponível não é convincente o suficiente para considerar o feno grego é capaz de aumentar os níveis Testosterona.

Níveis de testosterona

Feno Grego NÃO Aumenta a Testosterona
Níveis de Testosterona

Com a idade, os níveis de testosterona naturalmente diminui nos homens.

Então, a redução nos níveis de testosterona podem levar à perda de massa muscular, aumento de peso, bem como a redução do desejo sexual.

Entre os vários produtos anunciados para ou reforçar ou aumentar os baixos níveis de testosterona, o uso de extrato de feno grego é o destaque atual.

Agora, esse suplemento está sendo fortemente divulgado como um produto natural que aumenta os níveis de testosterona.

Dessa forma, buscamos evidências científicas de que os suplementos de feno grego pouco ou nada ajuda no aumento dos níveis de testosterona no corpo dos homens.

Pesquisas cientificas sobre o feno grego

Pesquisas cientificas sobre o feno grego
Pesquisas cientificas sobre o feno grego

Um estudo de 2009 publicado no International Journal of Exercise Science, observou-se que os níveis de testosterona não se alterou em homens que estavam tomando extrato de feno-grego. A Indus Biotech, uma empresa que está no negócio de produção de  feno-grego, financiou o estudo.

Cientistas NÃO aprovam o Feno Grego

Um estudo publicado em 2010 na revista ” Phytotherapy Research” observou então que um grupo de ratos que usaram de 15 a 35 mg / kg de de feno-grego em suas rações, surpreendentemente,  não demonstrou qualquer aumento nos níveis de testosterona.

Por outro lado, outro estudo em pequena escala realizado em 2011, e relatado na revista  Phytotherapy Research observou que os suplementos que contém uma combinação de extratos de feno-grego e minerais podem ajudar os homens a manter os níveis de testosterona no nível normal.

Assim, nesse estudo, 60 homens saudáveis ​​na faixa etária de 25 a 52 anos receberam aleatoriamente um placebo. E uma combinação do fitoterápico e suplementação mineral. Indivíduos de ambos os grupos foram convidados a tomar seus respectivos medicamentos diariamente por um período de 6 semanas.

Após o tempo estipulado, os homens que estavam usando a erva e outros minerais relataram um aumento no desejo sexual e outros aspectos da libido.

Em comparação com o grupo placebo, os participantes que usaram extratos de ervas tinham uma pontuação 25% mais elevada em testes que mediam a libido.

No entanto, este grupo não mostrou qualquer aumento notável nos níveis de testosterona. Assim, embora o aumento da libido, o extrato à base de plantas não conseguiu aumentar significativamente a testosterona.

Testes foram feitos em 2010

Os resultados de um estudo de 2010 publicado no Journal of Sports and Exercise Metabolism Nutrition são encorajadores. Da mesma forma,  mantem a promessa para a utilização da erva como um impulsionador de testosterona.

No estudo, 30 homens jovens foram submetidos aleatoriamente ao teste, usando cápsulas de 500 mg de da erva e um placebo, diariamente, durante um período de 8 semanas.

Os indivíduos também foram envolvidos em treinamentos de resistência 4 vezes por semana. Após a conclusão do período estipulado, observou-se que a testosterona (livre) biodisponível aumentou 6,57%. Enquanto que a testosterona total aumentou 12,26%. A massa gorda também diminuiu 1,77%, mas não houve mudança substancial da massa magra.

É neste ultimo estudo que foi citado que indústria de suplementos usa para promover o suplemento como um impulsionador de testosterona. No entanto, com base em apenas um estudo, seria ingênuo  concluir que o extrato de ervas funciona para aumentar a testosterona. Mais estudos são necessários para avaliar a sua eficácia.

Conclusão:

Embora o resultado de alguns estudos realizados sobre o suplemento são, sem dúvida, promissores; certamente é muito cedo para dizer que é eficaz. Dito isso para aumentar os níveis de testosterona substancialmente.

Assim, mais pesquisas são necessárias para determinar a eficácia da erva e seus suplementos.

Os Extratos de feno-grego ainda não foram objeto de um grande número de ensaios clínicos controlados.

Os estudos sobre o feno-grego ainda estão em sua fase de testes. Assim, o uso da erva para aumentar a testosterona apenas com base em pesquisas preliminares não é aconselhável.

Além disso, os extratos podem causar alguns efeitos colaterais incômodos. Como por exemplo: diarreia, dor de estômago, gás e inchaço.

Efeitos colaterais do Feno Grego

Como dissemos, feno-grego não tem comprovação cientifica plausível de sua eficácia. No entanto, os seus efeitos secundários e colaterais são mais aparentes quando é usado como um suplemento alimentar. Dado que, ele se encontra na sua forma concentrada.

Perigos do uso de Feno Grego

Todos os efeitos colaterais descritos abaixo, seriam melhor definido como “efeitos colaterais prováveis”. Pois eles ainda não foram inscritos nos livros de referências médicas.

Pessoas alérgicas ao feno-grego sentiram falta de ar, inchaço da face e no corpo, azia e diarreia
Embora muitas vezes o feno grego é usado para a asma, por vezes, inalar  poderá desencadear um ataque de asma.
Algumas pessoas também sentiram irritação na pele. Isso quando entram em contato com esta erva.
Embora raro, houve casos de crianças que perderam a consciência depois de beber o chá .
Da mesma forma, é conhecido por diminuir os níveis de glicose no sangue. Assim, deve ser evitado ou por diabéticos e ou de hipertensos.
Médicos especialistas desaconselham o uso de feno-grego junto com alguns medicamentos. Pois, devido ao seu elevado teor de fibra, ele pode coincidir com a absorção de outros medicamentos. E assim causar reações negativas no corpo.
Observou alterações na cor da urina após o consumo desse suplemento. Isso pode ser atribuída ao composto sotolone, o que não altera a sua cor à medida que passa através do corpo.

Efeitos colaterais em mulheres

O feno-grego pode levar a contrações uterinas e, portanto, as mulheres grávidas devem evitar completamente.

Acredita-se que o consumo desta erva durante a gravidez pode provocar parto prematuro, ou mesmo aborto.

O feno-grego é considerado um emenagogo, isto é, um agente que promove o fluxo menstrual. Então, as mulheres com ciclo menstrual irregular devem evitar. Pois pode levar a problemas como avanço do ciclo menstrual e de hemorragias.

Efeitos colaterais em bebês

O feno-grego tem sido tradicionalmente usado para aumentar a produção de leite em mães que estão amamentando. No entanto, se a mãe tomar em excesso, seus efeitos colaterais vão refletir sobre o bebê.

O excesso do consumo da erva pode resultar em fezes líquidas, diarreia e dor de estômago em bebês.

Mesmo com o aumento de leite devido ao consumo de feno-grego ele pode causar efeitos sobre o bebê, causando fezes aquosas e dor de estômago.

LEIA TAMBÉM:

Baixe GRÁTIS o e book do mestre Fernando Sardinha e tenha melhores resultados no seu treino!

Um comentário em “Feno Grego NÃO Aumenta a Testosterona – Diz Estudo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.