Engorda e emagrece o tempo todo? Evite o Efeito Sanfona.

Compartilhe nas redes sociais!

Engorda e emagrece o tempo todo? Evite o Efeito Sanfona.

Para conseguir emagrecer muitas pessoas fecham a boca e seguem uma alimentação restrita para conquistar o peso ideal.  Você pode até eliminar alguns quilinhos indesejáveis por algumas semanas, mas o problema é que essas dietas restritas são as responsáveis pelo famoso efeito sanfona. 80% das pessoas que emagrecem recuperam o peso, segundo um estudo australiano publicado em 2011 pelo New England Journal of Medicine.

O efeito sanfona acontece em pessoas que submetem a dietas sem presença de nutrientes importantes para o organismo. “Apesar de essas dietas serem eficientes para o emagrecimento rápido, elas causam um novo ganho de peso as células de gordura aumentam em volume e também em quantidade. Quando acontece o emagrecimento elas apenas desincham e não são eliminadas, aumentando as chances de a pessoa engordar novamente”, afirma o nutrólogo  Dr.Fernando Bacalhau.

O problema não só interferem no peso, mas também na saúde. Pesquisas indicam que engordar e emagrecer com frequência aumenta a pressão arterial e as taxas de colesterol. “As mulheres, principalmente podem ganhar mais camadas de gordura abdominal. Além disso, o cérebro entende que essa eliminação do peso prejudica o organismo e por causa disso ele queima menos caloria deixando o metabolismo mais lento. Esse efeito provocado no corpo contribui para o surgimento do efeito sanfona”, diz o médico.

Drible o efeito sanfona

A melhor forma de driblar o efeito sanfona é seguir um plano alimentar feito por um nutricionista e fazer diariamente exercícios físicos.

Confira as dicas do nutrólogo Dr.Fernando:

Alimentação balanceada

Quem deseja emagrecer com a saúde não pode pular os intervalos entre as refeições. A dica é se alimentar de três em três horas para evitar comer em excesso nas outras refeições.

Dietas sem carboidratos

Cortar o carboidrato da dieta não é recomendado para um emagrecimento saudável. Se você deixar de comer o carboidrato o organismo passa gastar a energia reserva, fazendo com que a pessoa sinta-se cansada e sem disposição.

Hábitos saudáveis

Mastigue por mais tempo os alimentos para aumentar a sensação de saciedade e evite excesso dos alimentos.

Escolha os alimentos certos

Opte pelo consumo de pães integrais com baixo índice glicêmico, aposte em azeite, extravirgem, óleo de macadâmia, carnes magras e peixes. Procure beber de seis a oito copos diários.

Sobre o médico

Dr.Fernando Bacalhau, médico nutrólogo,formado pelo Fapes e pós-graduação pelo curso Longevidade Saudável

As dietas restritivas são coisa do passado. Se você quer ter uma vida saudável, a mudança de hábitos deve ser pequena e gradual. Inspire-se com essas dicas.
Cerca de 95% das pessoas que perdem peso com regimes alimentares radicais acabam recuperando os quilos perdidos de um a cinco anos depois.
Além de ineficazes, essas dietas podem ser prejudiciais à saúde. Atualmente, sabemos que a melhor forma de perder peso não é seguir uma dieta rígida, mas adotar uma mudança de hábitos pequena e gradual.

É o que propõe a série Quilo por Quilo, do Discovery Home & Health, em que um grupo de especialistas ajuda pessoas obesas a perder massa corporal de forma saudável. Em cada episódio, os participantes recebem dicas para alcançar o peso ideal e transformar sua atitude diante da vida.
Você também quer perder alguns quilos o mais e não sabe por onde começar? Confira algumas dicas para uma mudança de hábitos bem-sucedida e duradoura.

1.Tome sempre o café da manhã

Não tem desculpa: o café da manhã é a refeição mais importante do dia. Estudos comprovam que as pessoas que não se alimentam pela manhã tendem a ingerir mais carboidratos e gorduras, enquanto as demais escolhem opções mais saudáveis, como verduras, legumes e peixe. Na primeira hora do dia, lembre-se de ingerir frutas, cereais integrais e lácteos. Para o meio da manhã, tenha sempre à mão lanches saudáveis.

2. Faça entre cinco e seis refeições ao dia

Comer a cada três horas fornece toda a energia de que seu corpo precisa de forma gradual, o que diminui a vontade de comer gulodices e ajuda a não sobrecarregar o sistema digestivo. Café da manhã, almoço e jantar são indispensáveis, sempre com lanches leves nos intervalos.

3. Beba muita água

Além de manter seu organismo hidratado e eliminar toxinas, a água ajuda a reduzir o consumo de bebidas açucaradas, café, sucos e álcool. Tome ao menos dois copos antes das refeições para aumentar a sensação de saciedade e ingerir menos calorias.

4. Reduza seus pratos

Se você costuma encher o prato de comida, escolha um recipiente menor. Você terá a impressão de comer a mesma quantidade, mas reduzindo significativamente as calorias.

5. Faça as refeições à mesa

Tente não ingerir alimentos enquanto estiver caminhando, lendo ou vendo televisão. A maneira mais indicada é comer sentada à mesa. Dessa forma, você prestará mais atenção a cada porção e terá mais controle sobre o que come.

6. Prefira alimentos crus

Toda refeição deve conter uma porção de vegetais não cozidos. Cenoura, aipo e rabanete, por exemplo, são alimentos com baixo teor calórico, ricos em nutrientes e com um poderoso efeito antioxidante. Espere ao menos 20 minutos entre as refeições
Se você acha que ainda está com fome depois de uma refeição, espere ao menos 20 minutos antes de ingerir algum alimento. Em geral, é o tempo que o cérebro leva para transmitir a mensagem de saciedade.

7. Ceda às tentações, mas fora de casa

Proibições não funcionam, portanto, não tente eliminar para sempre os carboidratos ou doces da dieta, mas reduzi-los ao mínimo possível. Uma dica é só consumir guloseimas quando estiver fora de casa, em vez de tê-las sempre à mão na despensa. Assim fica mais fácil resistir à tentação.
8. Escolha de maneira inteligente

Uma dieta saudável não consiste apenas em reduzir o consumo determinados alimentos, mas de escolher melhor o que você come. Em vez de pão branco, por exemplo, prefira o integral, que fornece muito mais fibras e energia, prevenindo doenças como o diabete.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.