Empresário é preso por venda de suplementos proibidos

Compartilhe nas redes sociais!

Homem foi autuado por tráfico e por venda de produtos ilegais nesta quinta.
Operação da polícia também tem como objetivo encontrar armas e drogas.

 
Um empresário, de 27 anos, foi preso em flagrante suspeito de manter em depósito, assim como comercializar ilegalmente, substâncias proibidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A detenção ocorreu na manhã desta quinta-feira (17), na casa do suspeito em Blumenau, no Vale do Itajaí.
Aprenda Importar Roupas
De acordo com a polícia, o homem é dono de uma loja de suplementos alimentares, mas mantinha o estoque de produtos ilegais em seu carro. Ele foi detido e pode responder pelos crimes de tráfico de drogas e por venda de produtos ilegais.

A Polícia Civil estava investigando o caso desde 2009. A operação foi realizada no início da manhã pela equipe da Divisão de Investigação Criminal (DIC). Foram apreendidos computadores, celulares, dinheiro em moedas nacional e estrangeira, suplementos alimentares, uma moto e dois carros que serviam para estocar os produtos.

Mandados de busca e apreensão
De acordo com o delegado responsável pelo caso, Ronnie Esteves, seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos. O estabelecimento comercial do suspeito fica na rua Estanislau Schaette, no bairro Água Verde. “O suspeito já tinha sido preso no ano de 2013 por roubo. Agora ele será encaminhado ao presídio e vamos investigar o possível envolvimento com tráfico de drogas”, declara.

Esteves explicou que parte dos produtos aprendidos são considerados anabolizantes, produtos que não possuem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Alguns desses produtos contém substâncias com venda proibida, pois possuem substâncias que causam danos ao organismo”, detalhou.
O suspeito estava sendo investigado há cerca de um ano. De acordo com o delegado, o objetivo da operação era também encontrar armas e drogas, mas não foram localizadas. O homem será encaminhado ao Presídio Regional de Blumenau. O crime tem pena mínima de 10 anos

Veja mais em : Importar suplementos agora é crime

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.