Início » Como Ler e Entender o Rótulo dos Suplementos?

Como Ler e Entender o Rótulo dos Suplementos?

Como entender o rótulo dos suplementos

Nunca julgue suplemento pela embalagem, mas pelo rótulo, por isso é importante ler e entender o rótulo dos suplementos… ou pelo menos ver o que o rótulo DIZ .

Imagens, números e palavras agressivas em vários suplementos, são projetados para vender… não necessariamente para servir seus objetivos.

Se você realmente leva a sério o que está comprando e consumindo, precisa fazer um pouco de matemática entender o que diz o rótulo. 

Analise o tamanho da dose

Mesmo os consumidores usuais de suplementos podem podem ser enganados pela relação de colher ou porção. Aí está sua primeira armadilha: colheres e porções são duas coisas totalmente diferentes. Uma colher por porção está LONGE de uma ser  uma regra universal.

A maioria dos suplementos em pó, como o whey protein, por exemplo, podem enganar até os mais expertos. Isso porque há uma pegadinha no rótulo que poucas pessoas se dão conta. A quantidade de proteína por porção. 

A maioria dos suplementos em pó já contém uma medida, conhecida como scoop, mas não um padrão de tamanho e peso. Cada fabricante envia um scoop de determinado tamanho. No caso do Whey protein, pode ser de 30 a 40 g, e os demais suplementos, como pré treinos, creatina e glutamina, podem variar de 3 a 7 g.

Rótulo do whey protein

Mas vamos entender melhor o rótulo do suplemento mais consumido e vendido no mundo todo, o famoso whey protein. Há vários tipos de Whey protein no mercado, cada um deles com uma concentração e qualidade diferente de proteína. Normalmente o Hidrolisados e Isolados são os mais caros. O que é importante analisar no rótulo do whey é a quantidade de proteína e carboidratos por porção.

Um whey barato, provavelmente é rico em carboidratos em pó, como maltodextina. As empresas, malandramente, enchem a fórmula de malto, que é um composto barato, para dar peso ao produto.

Em 10/10/2020 a ANVISA publicou uma normatização para os suplementos alimentares, mas não padronizou as porções.

Analisando as quantidades de proteínas dos rótulos

As melhores marcas de Whey Protein, tem pouco carboidratos por dose, além de aminoácidos variados, mas principalmente BCAAs. Ler e entender os rótulos pode fazer grande diferença no seu bolso e no seu peso. Isso porque o excesso de carboidrato pode levar ao ganho de peso e gordura. E isso ninguém quer, a não ser que você deseje engordar.

Por exemplo: O Whey Protein Gol Standard da ON, marca famosa no mundo, tem 24 g de proteínas e apenas 3 de carboidratos por cada porção de 30 g. Já o Top Whey 3W da Max Titanium, uma empresa nacional, tem 32 g de proteínas e apenas 3,9 de carboidratos por cada porção de 40 g. Já o Nutri Whey Protein, IntegralMédica, também uma empresa Brasileira, tem 30 g de proteínas, 80 g de carboidrato por cada porção de 120 g.

A julgar pelo preço dos produtos mencionados acima, já se tem uma ideia dos preços. É lógico que o mais caro é o que tem menos carboidratos e mais proteína por uma dose menor.

Conclusão:

Agora que você já sabe como ler e entender o rótulo dos suplementos, não caia mais em pegadinhas. O barato pode sair mais caro, além disso, você estará consumindo apenas carboidratos a mais em sua dieta.

Avalie nosso site:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.