5 fatores que podem atrapalhar o rendimento físico

5 fatores que podem atrapalhar o rendimento físico

Cuidar do condicionamento, por meio da prática regular de esportes, é fundamental para a manutenção de uma boa saúde, mas às vezes o rendimento físico começa a diminuir a despeito dos esforços que estejam sendo empregados.

Mas isso pode estar acontecendo, não por fatores relacionados ao tipo de atividade ou a carga que tem sido usada. Os hábitos do cotidiano e a condição da nossa saúde tem um papel importante, que é capaz de afetar os resultados que são obtidos.

1 – É necessário ter atenção à técnica

Principalmente quando paramos de perceber os resultados almejados, tendemos a aumentar a carga utilizada e pegar um pouco mais pesado nos exercícios. 

No entanto, se a postura e a velocidade não estiverem sendo empregadas adequadamente, os frutos do trabalho podem não parecer.

O equilíbrio entre os músculos e os ossos, aplicados através da técnica correta para cada exercício, é responsável por evitar as lesões, reduzir a tensão sobre as articulações e otimizar o movimento com a máxima efetividade.

O uso incorreto da postura e do peso é capaz, também, de prejudicar a articulação mandibular (ATM), devido a força aplicada nos dentes ao realizar o exercício com a técnica errada.

2 – Não respeitar os intervalos entre as séries

Do mesmo modo que a distração e longos períodos de pausa podem atrapalhar a efetividade dos exercícios, a falta de intervalos entre as séries pode fadigar a musculatura e comprometer o rendimento das repetições seguintes.

Por isso, é fundamental seguir corretamente as estipulações do professor. Ele determinará o intervalo adequado, de acordo com a necessidade física de cada pessoa e do tipo de atividade que estiver sendo praticada.  

3 – Descanso insuficiente

Como é durante a noite que os hormônios responsáveis pelo crescimento muscular são produzidos, o período de descanso é o momento que o corpo realizará as reações anabólicas e proporcionará benefícios aos atletas.

Contudo, a combinação de muita atividade física e pouco tempo de sono – ou o descanso sem qualidade – faz o efeito contrário. Ele gera reações catabólicas que faz com que os músculos encolham e a pessoa fique mais fraca e com a imunidade comprometida.

4 – Alimentação incorreta

A orientação profissional é fundamental para qualquer pessoa que queira ter uma saúde mais forte e melhores resultados nos exercícios físicos – isso pode ser conquistado tanto com atendimentos públicos quanto com o uso de um convênio odonto empresarial.

Além disso, os alimentos de suplementação utilizados por atletas de alto rendimento, como as pastas com alta concentração de carboidratos, açúcares e as bebidas de reposição de energia, se consumidos de forma inadequada, podem causar sérios prejuízos para o fígado e os rins.

Mais ainda podem causar diversos problemas na saúde bucal, provocando a maior fermentação das bactérias responsáveis pelas cáries e as inflamações gengivais.

Por isso, além do acompanhamento nutricional é importante que o atleta invista em um bom plano odontologico para facilitar as consultas com o dentista e para garantir que a procura por uma vida mais saudável, não comprometa a integridade da saúde bucal.

5 – Problemas bucais

Estudos indicam que as doenças bucais podem ter muito mais impacto no desempenho do atleta do que sequer imaginávamos.

As bactérias causadoras da inflamação periodontal podem afetar os tecidos musculares, causando distensões que são capazes de proporcionar danos permanentes. Elas podem ainda:

  • Atrapalhar a recuperação de lesões;
  • Propiciar a fadiga precoce;
  • Tornar os músculos mais frágeis;
  • Tornar o corpo mais suscetível a rompimentos, lesões e dores;
  • Atrapalhar a concentração do atleta (devido às dores).

A má oclusão – posicionamento errado da mordida – gera o desequilíbrio na respiração e pode alterar os batimentos cardíacos, diminuindo a oxigenação dos músculos e do cérebro.

Por isso, a odontologia do esporte tem sido uma área que tem crescido tanto. O uso dos benefícios oferecidos por serviços, como o plano dental coletivo empresarial, tem crescido em atividades físicas de diversos níveis.

Importância do acompanhamento odontológico

O acompanhamento odontológico é muito importante para ajudar na melhora da performance dos atletas e esportistas das mais diferentes modalidades. 

Ele auxilia na identificação de doenças, fragilidades estruturais, trabalha no alívio das dores e previne lesões e o aparecimento de cáries.

Usar um convenio odontologico pode fazer com que esse tipo de tratamento seja mais possível e barato, possibilitando uma constância maior das consultas e melhorando o equilíbrio corporal e a obtenção de resultados.

As pessoas que possuem um CNPJ também podem desfrutar desse tipo de vantagem, além de poder estender esse benefício para até duas pessoas da família.

O plano dental para MEI também costuma ter preços baixos, o que o torna mais acessível e garante a segurança de um atendimento de qualidade em situações emergenciais, como as quedas ou as fraturas, provocadas durante a prática de esportes de alto impacto. 

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

LEIA TAMBÉM:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares